O beijo é tão valioso e importante quanto dizem?

O beijo… esse gesto que pode se expressar de várias formas de amor.

Quando falamos de uma relação entre duas pessoas que se atraem, o beijo é uma conexão que se manifesta do dia a dia de um casal.

Seja aquele beijo selinho, para falar e “oi” e “tchau” para seu parceiro, seja aquele beijo de língua intenso para derreter o seu homem… o beijo é uma maneira de comunicar sensações e sentimentos.

Então, vamos olhar um pouco mais a fundo para esse assunto, e entender a real importância dele para as pessoas.

Confira agora!

Vamos começar falando um pouco sobre a história do beijo

As referências mais antigas que temos sobre o assunto indicam que formas de beijos foram esculpidas por volta de 2.500 a.C., nas paredes do conjunto dos templos de Khajuraho, localizado na Índia.

Na Antiguidade, era comum ver homens se beijando na boca, mas apenas entre pessoas do mesmo nível de hierarquia.

Já na Grécia Antiga, os beijos na boca só eram permitidos entre pessoas muito próximas, como pais, filhos e irmãos.

Na Roma Antiga havia três tipos de beijos: o basium, mais comum, trocado entre conhecidos; o osculum, dado apenas em amigos mais próximos; e o suavium, conhecido como o beijo dos amantes.

Curiosidades à parte, o beijo faz parte do dia a dia das pessoas em todo o mundo.

Existem inúmeros beijos e seus significados. “Até os que não existem, quando estamos em um relacionamento, criamos”, ressalta a psicóloga e coach relacional, Keitiny Cristina.

Do beijo nasce a química entre um casal…

O beijo é característico da individualidade de um casal. Nenhum é igual ao outro. Podemos experimentar beijos semelhantes, mas nunca idênticos.

“O beijo é como uma identidade da pessoa, o tal ‘balangandã’ que cada um possui. Ouso dizer que não existe beijo certo ou errado, ruim ou bom. Existe o seu jeito de beijar. Existe aquele beijo que se encaixa no seu. E ponto. E dai nasce a química. É como encontrar a porta da sua fechadura: existem vários encaixes, mas só uma casa abre a porta: o beijo que desperta o seu desejo”, explica Keitiny Cristina.

O beijo é um teste para escolher o parceiro

Pesquisadores do departamento de Psicologia Experimental da Universidade de Oxford, no Reino Unido, em 2016, fizeram uma pesquisa para avaliar a importância de beijar nos relacionamentos com 900 voluntários.

Como já era o esperado, a pesquisa mostrou que as mulheres valorizam mais o beijo do que os homens. Entretanto, os homens que se consideravam mais atraentes, ou que tinham muitas parceiras, também deram mais importância.

Para os responsáveis pela pesquisa, isso acontece porque mulheres e homens que se consideram mais atraentes ficam mais seletivos em relação aos seus parceiros.

Para as mulheres, especificamente, ter filhos representa um grande investimento na vida. E, por isso, elas desejam escolher o parceiro certo para tamanha responsabilidade.

Quanto aos homens atraentes, a grande quantidade de escolhas possíveis faz com que seja necessário um modo de “selecionar” as melhores parceiras, e o beijo acaba sendo um dos critérios.

É sabendo disso que algumas mulheres acabam também pesquisando sobre como beijar melhor.

O beijo é o maior elo entre um casal apaixonado

beijo

De todos os afagos que podem existir entre um casal, o beijo é considerado o mais íntimo.

O sexo está relacionado ao instinto, vem de nossa primitividade humana. Mas o beijo não.

O beijo liga e concretiza a intimidade de um casal em sua instância de carinho, afeto, admiração e amor.

Você já namorou alguém que não gostava de beijar? Se a sua resposta é sim, como era a sua relação? Provavelmente nem um pouco avassaladora, não é verdade?

Beijo é como uma aliança, o elo que liga um casal.

Inclusive, essa ligação está entre um dos grandes motivos para um homem sentir sua falta.

Podemos perceber que um relacionamento está esfriando, caindo na rotina, quando o casal começa a se beijar cada vez menos no dia a dia. É como uma perda da intimidade.

De acordo com a psicóloga Keitiny Cristina, a frequência do beijo está intimamente relacionada ao modo como você e o seu parceiro estão se envolvendo.

Se já não existe aquela sede de beijar como quando vocês começaram o namoro, algo preocupante existe aí, minha amiga.

Se o beijo entre vocês está ficando cada vez mais raro de acontecer, significa que a conexão necessária em seu relacionamento está em jogo. Sim, o que quero dizer é que o beijo é um termômetro na relação. Muito, mas muito mais que o sexo.

E o que você pode fazer quando percebe que isso está acontecendo com o seu relacionamento? Buscar estratégias para reacender essa chama!.

Como reacender a chama do desejo através do beijo:

#1. Chame o seu amor para uma conversa. Ele precisa saber que você está sentindo falta dos seus beijos, de ficar mais perto dele no dia a dia.  Mostre o que incomoda você e ouça o que ele tem a dizer;

#2. Em um relacionamento é comum os casais andarem de mãos dadas pelas ruas, abraçar e fazer carinho em público. Não é porque já se passaram anos do início desta relação que essas simples, mas importantes demonstrações de amor devem terminar;

#3. Não fique somente nos selinhos! Para que a chama do desejo reacenda é preciso que você mantenha aquele beijo caloroso mesmo depois de um dia de trabalho cansativo;

#4. Não importa quantos beijos vocês se dão por dia, o que importa é que eles devem existir todos os dias, naturalmente. Um simples beijo de bom dia bem dado pode fazer toda a diferença.

#5. O beijo diário é como um “eu te amo” entre o casal. Em dias em que tudo dá errado, receber um beijo de alguém que amamos pode mudar completamente o nosso humor e as nossas expectativas.

#6. O ato de beijar é um termômetro para a saúde afetiva do casal. Através do beijo nos comunicamos sem palavras, apenas com a linguagem corporal.

Estas sensações despertam a segurança no relacionamento e trazem uma melhor qualidade de vida para ambos os parceiros.

Descubra todo como hipnotizar um homem com o seu beijos

O beijo é um gesto simbólico muito importante em diferentes relações humanas.

Mas na vida de um casal é um ato extremamente importante, pois além de tudo, é uma  linguagem corporal que afirma a intimidade entre duas pessoas.

O seu beijo transmite afeto, carinho, estima, o querer o bem para a pessoa amada.

Mas tem um beijo que comunica a sua vontade carnal pela pessoa amada. Aquele beijo que diz tudo o que você quer fazer com o seu companheiro, sem precisar falar nada.

To falando daquele beijo sensual, até mesmo erótico, onde a gente envolve todo o corpo da pessoa amada. Esse é um dos segredos de sedução que uma mulher pode usar.

Em outro artigo, você pode ver como deixar um homem louco com um beijo ardente desses.

Nele, eu revelo 4 dicas infalíveis para hipnotizar um homem com um beijo. Clique no link abaixo e confira agora mesmo!

➥ Quero 4 Dicas de como enlouquecer um homem com o beijo

Sobre Redação | Chave do Coração do Homem

Equipe de Redação da Chave do Coração do Homem