Você realmente ama seu parceiro ou isso é medo de ficar sozinha?

Medo de ficar sozinha? Já parou para pensar o quanto você é verdadeira quando diz – Amor, eu te amo?

Às vezes só é possível dizer a verdade para nós mesmos quando temos a coragem de encará-la, não é mesmo?

O medo de ficar sozinha se tornou motivo para muitas mulheres inseguras relacionarem-se sem critério algum com todo tipo de homem.

O medo também acaba tirando, muitas vezes, o encanto do homem pela mulher.

No processo de conquista ou namoro, o que é desconhecido do outro se torna um motivo para prosseguir na caminhada, mas quando a outra parte detecta que só existe interesse motivado pela defesa da solidão, o “encanto” acaba.

E você? Já se perguntou se realmente ama seu par ou está com ele apenas por medo de ficar sozinha?

Talvez você tenha até uma desconfiança de que realmente não o ame, mas continua porque seria muito pior se sentir sozinha.

Ou pode ser que você também sinta que se perdê-lo sua vida não fará mais sentido, você não terá ninguém para conversar e terá que fugir de si, pois não aguenta estar a sós consigo mesma.

Saiba que embora esses sinais pareçam comuns, são sérios e precisam de mudança caso queira melhorar sua qualidade de vida e relacionamento. Mas você sabe por que isso acontece? Continue lendo e descubra!

Por que o medo de ficar sozinha?

Toda pessoa corresponde à solidão de forma única, pois todo ser humano é complexo e diferente. No entanto, cada um, em algum momento de suas vidas já sentiram um vazio por estar só.

Existem também aquelas pessoas que têm sensação de estar “sozinha no meio da multidão”, pois mesmo acompanhada, sentem-se solitárias. Isso nos ajuda a entender que a solidão é um sentimento e não um fato, necessariamente. Além disso, cada pessoa tem uma forma de lidar com ela.

Esse sentimento surge devido a algumas experiências anteriores, como, por exemplo, a necessidade de aprovação, dificuldade para se relacionar com outras pessoas, medo de ser criticada e vazio existencial.

Costuma ocorrer principalmente depois de alguns eventos traumáticos, como, por exemplo, término de um relacionamento abusivo, morte de um ente querido ou até mesmo um episódio de rejeição. 

É um sentimento que atrapalha a vida do indivíduo e compromete todos os seus relacionamentos. O indivíduo que sente solidão tem a dificuldade de ficar sozinho, curtir a própria companhia, está sempre inseguro com medo de perder, se comporta com possessividade e tem ciúmes que na verdade escondem uma grande dificuldade de se sentir completo sem um outro alguém. 

Isso acaba por chatear o companheiro, que na maioria dos casos não consegue reverter a situação. Se você está constantemente insegura com medo de perder seu parceiro, tem sintomas físicos quando ele não responde sua mensagem como, ansiedade exagerada, taquicardia e sudorese, provavelmente tenha sim muito medo de ficar sozinha.

Embora prejudicial, saiba que esse receio é muito comum principalmente entre mulheres que já tiveram relacionamentos frustrados ou viveram traumas que as marcaram numa fase determinante da vida. É necessário que você entenda o quanto isso prejudica sua vida e relacionamentos. Continue lendo e entenda como você pode mudar isso, ter relacionamentos mais saudáveis e se livrar do medo de ficar sozinha. Vamos lá?

1- Desenvolva talentos 

Toda vez que você se sente útil, consegue aumentar sua autoestima e senso de valor. Desenvolver talentos e aptidões pode ser um grande aliado na cura dessa insegurança. Olhe para você, valorize seu interior e amor próprio em primeiro lugar. Quando se tornar alguém segura, vai atrair muitas pessoas, principalmente um relacionamento que valha a pena.

2- Faças as pazes com você mesma

medo de ficar sozinha

Sabe aquela olhada no espelho só para lembrar de quem você é? Então, você precisa estar em contato com você mesma todos os dias. Aprender com seu passado e assumir para você que precisa mudar e se comprometer com a atitude de amar-se e valorizar mais quem te ama de verdade. Isso é um exercício que te ajudará a ter prazer na sua própria companhia sem depender de outra pessoa para se sentir bem.

3- Busque contato com outras pessoas

Isso mesmo, parece contraditório mas todo ser humano precisa de se relacionar com outras pessoas. Por isso, tente ao máximo pelo menos uma vez na semana desenvolver uma atividade que você gosta com outras pessoas. Por exemplo, você pode ir à aula de Inglês, fazer exercícios, academia ou frequentar um grupo de atividades como leitura no seu bairro.

Busque sempre conhecer pessoas novas, isso vai te ajudar a lembrar-se que existem muitas possibilidades no mundo e que você não precisa ficar presa ao seu relacionamento apenas por medo de ficar sozinha.

4- Relembre velhos hábitos

Na infância costumamos ter vários amigos, pois o fazemos sem muitos filtros que adquirimos quando crescemos. Pois é, você pode resgatar amigos dessa época, voltar a procurá-los e quem sabe recriar velhos hábitos de quando eram mais jovens. Ou mesmo começar a fazer coisas que fazia antes, ir ao cinema, ir à praia com uma amiga… Isso pode te ajudar a se sentir mais independente.

5- Viva o agora

medo de ficar sozinha

Viver o tempo presente é a maior chave de todas essas! 

A ansiedade faz você pensar muito no futuro e a angústia aumenta, por isso é necessário que você concentre-se no presente, tente perceber tudo o que de precioso você tem para viver nesse momento, inclusive com o seu parceiro.

Você também precisa resolver seu passado, aprender com ele e deixar o resto para trás. Siga à risca a regra: “ viva um dia de cada vez”.

Não precisa ter medo de ficar sozinha. Se você mudar, tudo muda!  

Depois de todas essas dicas você com certeza verá uma grande transformação no seu relacionamento, na forma de enxergar a si mesma e ao seu parceiro. Suas conversas serão mais leves, o carinho entre vocês mais intensos, pois não existirá nenhuma pressão para nenhum gesto. Tudo ocorrerá naturalmente. Aquele beijo que é apaixonante, lembra? Então, prepare-se para voltar a ter essas sensações novamente.

Por falar em beijo, conta pra mim, qual tipo de beijo você mais gosta? Na sua opinião, qual tipo funciona melhor para o seu parceiro?

Sobre Redação do Chave do Coração do Homem

Equipe de Redação da Chave do Coração do Homem