Namoro abusivo. O que fazer para evitar isso?

O namoro é um tempo de conhecimento onde os apaixonados se conhecem respectivamente.

Durante o namoro, alcança-se um maior conhecimento e consciência um sobre o outro para então pensarem em ter um compromisso definitivo.

Pode ser muito difícil perceber que se está em um namoro abusivo, pode ser difícil ter visão. Quando se vive dentro da situação, não dá para ter a visão geral do quadro.

Seja um namoro, um casamento, ou qualquer outro tipo de relação, alguns indivíduos perdem a noção e passam do limite.

De uma maneira geral, o namoro pode ser considerado abusivo quando a pessoa começa a se sentir dependente da outra.

Perdendo sua liberdade em decorrência de uma intimidação ou imposição de um dos dois, podendo se tornar também uma obsessão.

Quando o relacionamento começa a anular a liberdade de um, passa a ser um relacionamento não saudável e que de certo fará essa pessoa infeliz.

A partir desse momento começamos a perceber se estamos ou não em um namoro abusivo. Observe sempre, não se leve só pelo sentimento.

Vamos falar a seguir sobre isso agora, preste atenção nas próximas linhas.

Você sabe o que acontece em um namoro abusivo?

É como nos transformar em uma máquina para o trabalho amoroso. Nos tornamos totalmente dependentes.

É aí que nascem os ciúmes doentios, as brigas infinitas e, em casos extremos, porém não raros, a violência física e psicológica.

Essa paixão pode acabar se transformando em um sentimento doentio de controle e domínio sobre a outra pessoa.

E quando chegamos nesse nível é muito difícil sair, mas não é impossível, porque à medida que a pessoa se ama mais as imposições vão acabando.

Quando estamos nessa fase, na maioria das vezes não conseguimos enxergar nada que está em nossa frente, só sabemos agradar o outro e pensar no outro, e acabamos esquecendo de nós mesmas.

Permitir-se estar em um namoro abusivo está ligado à falta de auto-estima e amor próprio.

Ou talvez algo que te faltou na infância ou adolescência que acaba refletindo nessa busca constante por algo, que talvez tenha te feito falta em algum momento da vida.

Então, fique ligada em suas atitudes e comece a se policiar, se for necessário visite um terapeuta um psicólogo, ele poderá te ajudar a identificar o problema.

Alguns sinais de um namoro abusivo

namoro abusivo

◉ Seu parceiro se importa apenas consigo mesmo?

Se perceber que seu par sempre coloca o foco da conversa para ele mesmo, sem se importar com os seus problemas, fique alerta.

Se a pessoa com quem você está geralmente não te ouve, não te ajuda, não te sugere melhorias, com toda certeza isso não será bom para você.

É importante saber que às vezes enfrentamos grandes problemas demais que nem sempre conseguimos consertar sozinhos.

Então lembre-se da importância da gratidão e da reciprocidade em um relacionamento.

A vida não é fácil para ninguém. Por isso não permita que seu parceiro use você somente para resolver os problemas dele sem demonstrar nenhuma parceria.

Valorize-se sempre, e se o seu parceiro precisar da sua ajuda faça sempre por bom grado e não por uma obrigação.

◉ Seu parceiro se faz de vítima mesmo quando não é e ainda faz você se sentir culpado?

É abuso quando o companheiro coloca o problema ou a tristeza dele, como se você tivesse culpa de tudo.

Algumas mulheres que têm um namoro abusivo se sentem mal por uma coisa que não fez ou que não é sua culpa, porque seus companheiros fazem ela se sentir assim.

Comece a perceber se esses pontos acontecem em seu relacionamento. Se sim, procure ajuda para sair dessa situação, seja ajuda de amigos, familiares, ou de algum profissional.

◉ Violência no namoro abusivo

A violência acaba acontecendo em um namoro abusivo. Ela se manifesta de forma verbal, psicológica ou física.

A performance desse namoro é como se fosse uma roda gigante.

Uma hora está no baixo e outra hora está no alto, pois o parceiro tem picos de raiva acompanhado de agressões físicas e/ou verbais.

Depois de explodir de raiva, o companheiro se mostra arrependido, pede desculpas, promete coisas que nunca vai fazer, faz juras de amor, mas infelizmente, faz tudo novamente depois de um tempo.

A violência no namoro abusivo também pode ocorrer através de palavras ruins lançadas para você.

Dentro de um casamento também é comum encontrarmos essa violência.

Alguns indícios de que o casamento será assim se manifestam no namoro, mas na maioria das vezes é feita uma promessa de mudança, e por medo de permanecer sozinha, algumas mulheres se sujeitam a isso.

Elas acreditam que tudo ficará bem, mas não fica. E o terror retorna novamente, e cada vez com mais força, se não for tratado.

O que fazer quando se está em um namoro abusivo?

A sobrevivência a um relacionamento abusivo com certeza existe, mas ele vai sempre deixar algumas cicatrizes físicas ou mentais.

Se você identificou com algum desses sinais, vá em busca de ajuda!

Não se desespere, pois existem várias saídas para você que está vivendo em um namoro abusivo.

Explique sua situação para alguém de confiança, para um psicólogo e peça ajuda.

Um dos primeiros passos a dar é se fortalecer emocionalmente.

A inteligência emocional pode ajudar a sair de uma namoro abusivo e a lidar com o término, para nunca mais entrar em outro relacionamento assim.

A verdade é que você precisa saber quem é você, se conhecer, precisa estar certa do que você gosta e odeia.

Você precisa estar bem, e feliz com você mesma para depois colocar alguém na sua vida.

Essa pessoa tem que entrar em sua vida para acrescentar e não para completar você.

Você deve ser uma mulher completa por si só, e buscar algum homem que apenas acrescente em sua vida.

Ninguém deve ter  a responsabilidade de suprir algo que falta em você.

Quando você se ama o suficiente para saber que sozinha você estava bem,  e se reconhece como mulher, você não concorda que te tratem com menos do que o que você merece.

Então se você tem vivido em um namoro abusivo é hora de parar e começar a apaixonar-se por si mesma.

Aí sim, seu próximo relacionamento será bem sucedido e você poderá dar uma Guinada nele.

Aproveitando, aqui deixo para você 3 Segredos Para Dar Uma Guinada no Relacionamento.

Confira os Segredos nesse E-book totalmente Gratuito!

➥ Quero conhecer os 3 Segredos Para dar uma Guinada no Relacionamento e não vivenciar mais um namoro abusivo.

Sobre Redação | Chave do Coração do Homem

Equipe de Redação da Chave do Coração do Homem